Home / NOSSA IGREJA / HISTÓRICO

Histórico da Igreja Batista da Batalha

Tudo começou assim!

Em 24 de setembro de 1959, após concílio realizado no templo da nova Igreja a ser instituída, foi aprovado o nome Igreja Batista da Batalha haja vista a mesma ter sido organizada na Estrada da Batalha, 491 e escolhido para pastorear a Igreja por unanimidade de votos o Pastor Salomão Bernardes da Silva, o qual já vinha, há meses dirigindo-a como Congregação da Igreja Batista do Alto do Brasil. Participaram deste concílio; Pastor. Oseas Dias (presidente), Pastor Salomão Bernardes da Silva (secretário), Pastor Geniton Gouveia de Lima (orador), diáconos e outras igrejas.

Assim nasceu o trabalho da Igreja Batista da Batalha, com lutas e vitorias nestes 54 anos, exaltando e proclamando que há vida em Jesus nosso Senhor e Salvador.

Pioneiro da Igreja Batista da Batalha

Foram nove o número de irmãos a formarem a nova igreja, sendo oito da Igreja Batista do Alto do Brasil e um da Igreja Batista da rua Imperial.

  • Bernardino Francisco do Nascimento
  • Ambrosina Gomes do Nascimento
  • Lenira Francisca da Silva
  • Marina Vieira Lopes
  • Maria José Lopes
  • Maria do Carmo Lopes
  • Edinária Adolfo
  • Leopoldina Casimira de Lucena
  • Manoel Damázio (Ig. Batista da rua imperial). 

A este grupo se juntou pouco tempo depois o irmão José Bernardes da Silva, que até os dias atuais é diácono de nossa igreja.

 

A primeira ata

Ata da sessão do concílio de pastores e diáconos, convocado pela Igreja Batista do Alto do Brasil para organização da Igreja Batista da Batalha, às 21hs do dia 24/09/1959 após um inspirado programa no qual tomaram parte várias Igrejas Batistas, o pastor Geniton Gouveia e Lima, convidou os pastores e diáconos presentes a reunissem no santuário da nova Igreja ficando o concílio formado com os seguintes obreiros, pastores; Oseias Dias, Geniton Gouveia, e Salomão Bernardes da Silva, e os diáconos; Bernardino Francisco do Nascimento e Manuel Amos de Barros. O concílio foi assim organizado: Presidente Pastor Oseias Dias, Secretaria Pastor Salomão Bernardes da Silva, Orador Pastor Geniton Gouveia e Lima. As cartas promissórias dos crentes a se organizarem em Igreja foram apresentadas e feitas às chamadas em números de nove, sendo oito da Igreja Batista do Alto do Brasil e uma da Igreja Batista da Concordia. Foi feito a leitura do capítulo 20 do manual das Igrejas Batistas pelo irmão Manuel Damázio, que também leu o pacto das Igrejas Batistas que foi plenamente aceito pelos crentes, os quais manifestaram o firme propósito de ter a Escritura Sagrada como única regra de Fé e conforme as regras das Igrejas Batistas. Foi proposta apoiada e unanimente deliberada à organização se realizou solenemente com uma oração pelo pastor Oseias Dias, o pastor Geniton Gouveia e Lima, fez um sermão exortativo e entregou a Bíblia a nova Igreja. Em seguida o presidente do concílio deu oportunidade à igreja para escolher o seu nome ficando a mesma sendo chamada Igreja Batista da Batalha foi escolho para Pastor da Igreja por unanimidade de votos o Pastor Salomão Bernardes da Silva, o qual já vinha a meses dirigindo-a com Congregação da Igreja Batista do Alto do Brasil. Foi também votado que a Igreja associe a Associação de Igrejas Batistas às 22hs5min foi constituído o concílio e entregue a palavra ao Pastor Geniton Gouveia e Lima, que encerrou o trabalho com o cântico de um coro. Redigi esta ata como secretário do concílio, em Prazeres aos 24/09/1959, Salomão Bernardes da Silva. A Igreja Batista da Batalha foi organizada em 24/09/1959 pelos seguintes irmãos; Bernardino Francisco do Nascimento, Ambrozina Gomes do Nascimento, Lenira Francisca da Silva, Marina Vieira Lopes, Maria José, Lopes, Maria do Carmo Lopes, Edinária Adolfo, Leopoldina Casimira de Lucena. Cooperaram na organização da Igreja como obreiros voluntários os irmãos: Geniton Gouveia e Lima, Pastor da Igreja Batista do Alto do Brasil Salomão Bernardes da Silva membro da Igreja Batista do Alto do Brasil e atual Pastor da nova Igreja e o inspirado e amado Irmão Manoel Damázio, membro da Igreja Batista da rua Imperial. Muitos cooperam também na organização desta amada Igreja os irmãos: João Adolfo e sua esposa Maria Amara e o irmão Paulo, filho da irmã Leopoldina 24/09/1959.

 

Primeiro Pastor da igreja Batista da Batalha.

 

Homenagem ao Pr. Salomão

Salomão Bernardes da Silva nasceu em 12/05/1910 e em 1932 casou com Antônia Bello da Silva, conhecida com Estelita, com quem teve seis filhos e faleceu em 22/06/1990. Ajudou e organizou outras igrejas como;

  • Igreja Batista em Ladeira Grande (Gloria do Goitá)
  • Igreja Batista boa esperança (Aldeia)
  • Igreja Batista Usina São José (Igarassú)
  • Igreja Batista Ilhéus (Carpina)

Foi militar e atuava como guarda municipal da cidade do Recife. Foi consagrado pastor pelos serviços desenvolvidos na causa do Senhor Jesus. Junto com o irmão Manoel André e seu amigo Heleno Marinho, muito contribuíram para a obra de Deus, obedecendo ao Ide e levando a outros o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Pastores e musicistas nestes 60 anos

 

Pastores 

  • Pr. Salomão Bernardes da Silva
  • Pr. Abel Feliciano
  • Pr. Gileade Florêncio
  • Pr. João Viana
  • Pr. Manoel Pedro
  • Pr. Heraldo Pereira (interino)
  • Pr. José Gomes da Silva
  • Pr. Nelson Malafaia
  • Pr. Carlos Prado (atual)

 

Musicistas

  • João Ferreira
  • José Amâncio
  • Abigail
  • Moises
  • Noemi Monteiro
  • Zoraia Medeiros
  • Mirian
  • Marielse
  • Emilio
  • Marinalva Araújo
  • Nelson Nunes
  • Mirian Gomes

 

A igreja batista da batalha e os frutos

 

Membros e congregados

Atualmente a igreja conta com mais de 600 membros e congregados.

Igrejas filhas

  • Igreja Batista Esperança (Aldeia)
  • Igreja Batista em Pontezinha (Cabo)
  • Igreja batista Jardim Cajueiro (Jaboatão dos Guararapes)
  • 1ᵅ Igreja batista em Sotave (Jaboatão dos Guararapes)
  • 1ᵅ Igreja batista do Loreto (Jaboatão dos Guararapes) 

 

Extensão

Atualmente a igreja possui como extensão de suas tendas a Igreja Batista da Batalha na comunidade do Cajá, que tem crescido para honra e Glória de Deus. 

 

 

Congregação

 

Atualmente mantem a congregação da comunidade do Cajá em Jaboatão dos Guararapes.

 

 

Ministério pastoral

 Pastor Carlos Prado Oliveira

Natural de Jequié-BA nasceu em 26/07/1956, e criado em Vitória da Conquista. Filho de Nair do Prado Oliveira e Niconor L. Oliveira, foi Batizado aos 17 anos na 2ᵅ Igreja Batista de Vitória da Conquista-BA. Em 1985 casou com a jovem Ana Veronica da Cruz S. Prado, e tem uma filha Brena C. Prado. Cursou Bel. Em Teologia com Esp. Em Educação religiosa – S.T.B.N.B., Bel. Em Direito – UNICAP, e exerce a função de advogado.

Na denominação foi Presidente da Associação Guararapes, Presidente da Comissão Jurídica Parlamentar da Convenção e Relator da Comissão Jurídica do Conselho. Atua como pastor da nossa igreja há 32 anos, desde que foi ordenado ao Ministério.    

 

Música

Prof.ª Mirian Gomes, casada com o professor Ricardo Gomes. Atualmente é professora de música do CEFET – PE, Bel. Em Música Sacra - SEC, Licenciatura em Música-UFPE.